Fundada a Nova Internacional: Confederação Internacional dos Trabalhadores (CIT)

Entre os dias 11 e 13 de maio foi realizado o Congresso Internacional que aprovou os estatutos e fundou a Confederação Internacional dos Trabalhadores (CIT) depois de três anos de discussões. A associação internacional que englobará o anarcosindicalismo e o sindicalismo revolucionário é inicialmente composta pela USI (Itália), FAU (Alemanha), CNT (Espanha), IWW (Norte América), ESE (Grécia), FORA (Argentina) e IP (Polônia).

Participaram como observadores as seguintes organizações: FOB (Brasil), ARS (sindicato autônomo de trabalhadores da Bulgária), CNT-F (França) Movimento Popular Rifeño (Marrocos), GGBO – Alemanha (Organização que luta pelos direitos trabalhistas dos presos e presas), Associação de Trabalhadores de Base (Brasil), WAS (Viena- Austria), UVW (Reino Unido) e Vraije Bond (Holanda e Bélgica).

A CNT, esperando ratificação, ocupará a Secretaria Internacional durante o primeiro biênio, posteriormente a FAU e por fim a IWW. A USI ficará a cargo da tesouraria. Segundo decisão congressual a divisão de quotas será de acordo com o poder aquisitivo de cada país, sendo dividida em 3 níveis de poder aquisitivo. O terceiro nivel, o mais baixo, é direcionado para países da América Latina, Ásia e África.

Durante os próximos anos os eixos de trabalho serão de formação, ação sindical e expansão. Em relação a formação definiu-se a formação de uma rede de informação sobre as condições de trabalho em nível internacional, bem como a realização de encontros de formação (chamada de escolas de verão) e tradução de materiais. Por outro lado, em relação a ação sindical se reforçou e estabeleceu o 8 de março, além do dia 01 de maio, como um dia de luta pelos direitos das trabalhadoras e a necessidade de compartilhar informações dos diversos ramos de trabalho.

Por último, a expansão se fará pelo contato de organizações afins, tradução de propaganda e especial atenção com trabalhadores migrantes, sem direitos, transfronteiriços etc. Outros objetivos a médio prazo serão o transporte, gênero, restaurantes, trabalhadores encarcerados e migrantes, educação e saúde.

O próximo congresso será realizado na Alemanha.

www.usi-ait.org

www.cnt.es

www.fau.org

www.iww.org

 

 

 

0 thoughts on “Fundada a Nova Internacional: Confederação Internacional dos Trabalhadores (CIT)

  1. Quantas cooperativizas estão envolvidas ? Pois estamos cansados de Partidos Anarco Sindicalistas em nome do Federalismo Produtivo. Federação é organização econômica. Coletivos e núcleos de propaganda são partidos de vanguarda. Assim repito a pergunta: – Cadê a organização econômica dos Anarquistas para financiar o processo Revolucionário ?! Onde estão as cooperativas destas Federações ?!

  2. Quantas cooperativizas estão envolvidas ? Pois estamos cansados de Partidos Anarco Sindicalistas em nome do Federalismo Produtivo. Federação é organização econômica. Coletivos e núcleos de propaganda são partidos de vanguarda. Assim repito a pergunta: – Cadê a organização econômica dos Anarquistas para financiar o processo Revolucionário ?! Onde estão as cooperativas destas Federações ?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *