Contra o despejo de Laranjeira Nhanderu II: Solidariedade e resistência!

No dia 31 de outubro, famílias da retomada de Laranjeira Nhanderu decidem avançar em sua caminhada pela recuperação do tekoha, como se referem a suas terras ancestrais, e ocupam a sede da fazenda Santo Antônio, no município de Rio Brilhante. Rompendo as cercas do latifúndio, ergueram suas casas de lona preta em meio ao gado, principal atividade econômica dos fazendeiros que usurparam a terra hoje recuperada.

Realizada com mais de 120 pessoas, a retomada foi motivada pelas difíceis condições de existência na área em que estavam anteriormente, confinados em uma reserva legal de floresta onde não se pode plantar, no interior de fazenda produtora de soja. Em meio a constantes ameaças, ataques químicos por avião e máquinas agrícolas, ataques de pistoleiros e seguranças privados, resistem na floresta há 11 anos. Sofreram despejo em 2009, sendo obrigados a viver na beira da estrada, a BR-163, por 1 ano e 8 meses, retomando a floresta do tekoha novamente em 2011.

Agora, após nova caminhada de luta contra o Estado colonizador e o latifúndio, desde as crianças até anciãs centenárias que resistem em mais uma parte do tekoha retomado, a comunidade recebe ordem de despejo, cujo prazo para saída foi encerrado na segunda-feira, dia 19 de novembro de 2018. Os próximos dias e semanas, portanto, serão de constante tensão e incerteza. A nova retomada de Laranjeira Nhanderu já anunciou que não irá recuar, que não abrirão mão de seu território, colocando-se na linha de frente do combate às investidas dos de cima. Nos últimos dias, pistoleiros foram contratados pelos fazendeiros e realizaram ações de terrorismo e tentativas de assassinato, disparando tiros contra a cabeça de anciãs.

Não iremos nos calar frente ao aprofundamento da repressão à luta pela terra! Contra o genocídio, luta e resistência! É preciso construir solidariedade em cada local, entre todos os povos e movimentos combativos, para impedir que mais um massacre ocorra. Cada guerreiro que cair sobre a terra será semente: muitos se levantarão.

ABAIXO O DESPEJO CONTRA O AVANÇO DE LARANJEIRA NHANDERU!

TODO APOIO ÀS RETOMADAS GUARANI E KAIOWÁ!

MORTE AO LATIFÚNDIO!

0 thoughts on “Contra o despejo de Laranjeira Nhanderu II: Solidariedade e resistência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *