O povo em defesa da aposentadoria

Comitê de Propaganda da RECC/FOB – Dourados, Mato Grosso do Sul

FOB&RECC_MS

A reforma da previdência é mais um ataque dos governos e patrões contra o povo, um projeto de miséria, visando piorar as condições de vida e aumentando a superexploração contra a classe trabalhadora, principalmente para mulheres que possuem tripla jornada de trabalho, e terão 10 anos a mais de tempo de serviço para se aposentarem, assim como as trabalhadoras camponesas que terão mais 5 anos.

MS

Esse projeto anti-povo foi construído por medidas tomadas desde os governos do Partido dos Trabalhadores que, no primeiro mandato, Lula apresenta a primeira Reforma da Previdência. Temer-MDB, em 2017, aprova a reforma trabalhista e encaminha mais um passo do projeto contra o direito social de aposentadoria da classe trabalhadora, agora sendo continuada com Bolsonaro PSL-Mourão PRTB, onde se propõe a idade mínima de 62 para mulheres e 65 anos para homens com contribuição mínima de 25 anos. Além disso, a contribuição BPC (Benefício de Prestação Continuada) será reduzido para R$ 400,00 a partir dos 60 anos, e somente a parti dos 70 anos os idosos receberão um salário mínimo. O resultado de tudo isso é mais exploração para a classe trabalhadora, mais empobrecimento e desigualdade social.

Em Dourados, no dia 22 de março, dia de mobilização e luta nacional contra a reforma da previdência, aproximadamente 300 pessoas, entre servidores públicos da rede básica que paralisaram todas as escolas estaduais e municipais, servidores públicos das universidades, estudantes, professores da Educação Escolar Indígena, estudantes da Licenciatura em Educação do Campo e demais trabalhadores e trabalhadoras estiveram nas ruas em luta. A juventude trouxe a memória das lutas populares que têm se levantado no país inteiro e reivindicou a construção de paralisações e mobilizações, encaminhando a pauta para a construção da Greve Geral, no campo e na cidade.

Para resistir aos ataques, é necessário nos organizarmos de maneira autônoma, nossa força está na união de trabalhadoras e trabalhadores na luta combativa.

ABAIXO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA!

AVANTE A LUTA COMBATIVA DA CLASSE TRABALHADORA!

CONSTRUIR O PODER POPULAR!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *