CONSTRUIR UM BLOCO AUTÔNOMO NO 30M

O sindicalismo oficial e as demais forças social-democratas tentam hegemonizar as lutas contra o governo Bolsonaro/PSL, não para derruba-lo, mas para fazê-lo sangrar até as proximas eleições, pois jogam toda sua força para a construção de uma “alternativa eleitoral”.

Os setores autônomos do movimento de massa permanecem isolados e apesar de grandes, a desorganização destes impõe a pouca “expressão” no combate ao governo. É preciso que nos encontremos, trabalhadores, estudantes, periféricos, do campo e da cidade, para que possamos trocar experiencias e uma linha única para as manifestações convocadas contra esse governo antipovo.

A manifestação do dia 30 foi convocada para caminhar dois quarteirões e terminar com uma festa na reitoria. Não vemos sentido em enfrentar um governo de extrema direita com manifestações festivas. Não concordamos com essa forma de se manifestar! A combatividade das/dos explorados deve dar o tom. Desde já convidamos todas/todos a construirem a plenária autonoma para que de forma independente possamos dar um rumo na luta e combate ao governo Bolsonaro/PSL.

Construir a plenária Autonoma!
Construir o bloco autônomo!
Nenhuma ilusão na social-democracia!
Derrotar o governo Bolsonaro com ação direta de massas!

C

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *