Pistoleiros assassinam dois camponeses no Maranhão

No dia 5 de janeiro, pistoleiros mataram dois camponeses, Celino Fernandes e Wanderson de Jesus Rodrigues Fernandes pai e filho na baixada maranhense na região de Arari . Os dois camponeses já vinham sendo perseguidos pelas suas lutas na região, passaram 70 dias presos de forma injusta a mando dos  latifundiários com a cumplicidade da policia e do ministério publico e do governador do maranhão Flávio Dino/PCdoB.O assassinato dos dois camponeses faz parte da escalada que começou com a criminalização, e terminou com assassinato de forma covarde, para impor um clima de medo e para  tentar barrar,  com a luta justa que é travada contra latifundiários , grileiros no maranhão .

Nos colocamos à disposição dos  familiares para contribuir com o que for necessário.

Celino Fernandes e Wanderson de Jesus Rodrigues Fernandes vive !

          Lutar não é crime, vocês vão nos pagar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *