Privatizações e Demissões na COMLURB. Construir a Resistência Classista e Combativa!

A atual gestão da prefeitura do Rio de Janeiro liderada pelo PMDB-PT através do Prefeito Eduardo Paes, ex-pupilo de Cesar Maia, tem como politica principal a privatização. Isso já aconteceu nas obras da região portuária, entregando toda região, quase toda pública, nas mãos do consórcio Privada Porto Maravilha.

Para a Comlurb a prefeitura planeja e executa demissões e a privatização. Para isso o prefeito nomeou para Presidente Vinicius Roriz, ex-diretor da Ambev e do Grupo EBX de Eike Batista, e Suzanna Nogueira, ex Web Jet, para diretoria de Gestão e pessoas. Os dois foram nomeados para oganizar a reestruturação da Comlurb, prática conhecida como Downsizing, que tem como objetivo a diminuição de trabalhadores e a piora das condições de trabalho.

Índice
Suzanna Nogueira, diretora de gestão e pessoas da Comlurb.
ptvice
Adilson Pires (PT), vice-prefeito.
edpaes
Eduardo Paes (PMDB), prefeito
comlpres
Vinicius Roriz, presidente da Comlurb

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 A greve dos garis no Carnaval de 2014 sacudiu o Rio de Janeiro e foi exemplo para toda a classe trabalhadora do Brasil. Mostrou como se combate o sindicalismo pelego, a burocracia sindical, aliado do patrão e dos governantes. Não se pode ter nenhuma confiança no sindicato e nos patrões. Depois da greve a prefeitura vem tentando desmobolizar e intimadar os Garis do RJ. Demissões e privatizações é a velha nova arma da prefeitura. Estas já ocorrem em várias gerências. Mais de 300 demissões estão previstas para janeiro.

Nesse sentido os trabalhadores da Comlurb estão se mobilizando reivindicando melhores condições de trabalho (veja lista de reivindicações no site do FOB) e contra a privatização e demissões. Só ação direta dos garis em aliança com outros trabalhadores será capaz de reverter as demissões e impedir o avanço da privatização!

Fora Sindicato Pelego! Fora Burocracia Sindical!

Não tem arrego!

Construir o Sindicalismo de Ação Direta! O Sindicalismo Revolucionário!

GT Operário – Fórum de Oposições pela Base (FOB)

www.lutafob.wordpress.com

comlubr2014 (Arquivo em PDF)

0 thoughts on “Privatizações e Demissões na COMLURB. Construir a Resistência Classista e Combativa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *