A Juventude Antirracista e Antifascista Ocupou as Ruas no dia 7 de Junho

Rede de Mídia Classista – RMC /RJ

A juventude antirracista e antifascista das favelas e periferias do Rio de Janeiro ocupou as ruas no domingo, dia 7 de junho, para protestar contra o avanço do fascismo e contra o genocídio praticado pelo Estado burguês.

As ruas foram ocupadas por Marielle, Anderson, Àgatha, João Pedro, George Floyd, Miguel e todos aqueles e aquelas que foram vítimas do terrorismo do Estado. Mas também foram ocupadas pelas mais de 36 mil mortes em decorrência da Covid-19 e contra o governo fascista de Bolsonoro e Mourão.

As manifestações foram protagonizadas pela juventude negra favelada e periférica por dois motivos, primeiro porque ela é o principal alvo da violência das forças repressivas do Estado e, segundo lugar, porque ela já está nas ruas, ou porque ela não tem as condições para cumprir o isolamento social, ou porque ela trabalha nas funções essenciais.

O SIGA-RJ apoiou a convocação dos atos de rua. Consideramos fundamental romper o isolamento social nesse momento, tomar as medidas de proteção necessárias, mas não podemos deixar que o fascismo e o racismo avancem nos condenado à morte. Por isso, exigimos Fora Bolsonaro e Mourão, reivindicamos renda, saúde, trabalho, teto, exigimos o fim imediato do genocídio do povo negro, não temos ilusões na democracia burguesa e defendemos Todo Poder ao Povo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *