Mensagem aos entregadores de App’s

Mensagem aos entregadores de App’s

Comunicado Nacional da FOB

Entregadores e entregadoras de todo o Brasil,

No dia 1º de julho vocês farão história. Não apenas a história dos entregadores e trabalhadores de aplicativos, mas de todos o povo trabalhador do Brasil. E é por isso que uma grande emoção e admiração toma conta de todo o povo em apoio ao movimento de 1º de julho! A sua luta é a nossa luta, e em todo o Brasil nós estaremos ombro a ombro com vocês, nas ruas, de motoca ou de bike. Mas não queremos fazer discurso. Queremos mandar o papo reto.

Sabemos que o movimento dos entregadores não surgiu de partidos ou de sindicatos. Ele surgiu da fome e da revolta. Os partidos estão precupados com votos e privilégios. Sabemos que o sentimento geral é que o movimento deve continuar assim: autônomo. Mas sabemos também que esse ano tem eleição, e os oportunistas irão assediar os entregadores para tentar convertê-los em marionetes do sistema. Nós compartilhamos  com vocês o mesmo sentimento autônomo de rejeição aos falsos profetas que querem votos e cargos. 

Existe entre os entregadores um sentimento sincero e imenso de união e revolta. É o grito de “Chega de exploração!” que está entalado na gargante de cada pai e mãe de família. Mas sabemos por uma dura experiência que os oportunistas aparecem nesses momentos para querer controlar e usar o povo como massa de manobra. O que todos nós queremos é que o movimento seja do povo, com o povo e para o povo. E é por isso que queremos fazer um apelo aos entregadores.

Irmãos e irmãs de sofrimento e de luta,

Aos poucos os entregadores vão se unindo e se organizando para o 1º de julho. Nós temos que a esperança que essa organização cresça cada vez mais. Mas não podemos ser inocentes. Os oportunistas irão dizer que eles são os únicos exemplos de organização. Que votar é o único jeito de lutar. E isso é uma grande mentira. Nós podemos nos organizar de forma autônoma, sem privilegiados e sem aproveitadores em nosso meio. E mais: só podemos previnir que o vírus dos eleitoreiros se alastre em nosso meio se estivermos organizados e conscientes. 

Chamem essa organização de associação, de coletivo, de movimento ou, se preferirem, de sindicato autônomo como nós chamamos. Mas isso é o que menos importa. O que importa é que a nossa organização e a nossa luta seja feita por nós e para nós. Que ela não fique restrita ao virtual, que ela se transforme em assembleias populares e reuniões para que todos possam dar sua opinião, aprender e decidir juntos. Que o nosso poder continue vindo de baixo para cima, e não ao contrário. É isso que significa os lemas “nós por nós” ou “só o povo salva o povo”. Não esperar de políticos, não esperar de empresas. 

Companheiros e companheiras de revolta,

Os App’s e os governos tem medo de 1º de julho porque ele vem da base, da revolta, ele é incontrolável, é justo, forte e inegociável. E ele precisa continuar assim, com essa mesma energia e esperança. Conquistando a voz aos sem voz, os direitos aos explorados, o poder aos oprimidos.

Fazemos esse apelo aos irmãos e irmãs! Nós somos trabalhadores de vários setores e quebradas, inclusive de entregadores. Somos parte de movimentos populares e sindicatos autônomos, que não se venderam e não se renderam ao sistema. Para não ficar refém das burocracias sindicais e partidárias formamos e nos unimos na Federação das Organizações Sindicalistas Revolucionárias do Brasil (FOB). No dia 1º de julho estaremos todos nas ruas e quebradas, brecando geral, sem rabo preso e sem arrego.

Viva a greve geral dos entregadores de app’s! Avante!

Saudações revolucionárias 

One thought on “Mensagem aos entregadores de App’s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *