Campanha Internacional Eran Niñas denuncia o Estado terrorista e infanticida paraguaio

Campanha Internacional Eran Niñas denuncia o Estado terrorista e infanticida paraguaio

Nota da FOB de Janeiro de 2021

O Estado terrorista e infanticida paraguaio que assassinou de forma covarde e brutal as crianças Lilian Mariana Villalba e María Carmen Villalba, ambas de 11 anos, no dia 2 de setembro de 2020 em uma operação da corrupta e narcoterrorista Força Tarefa Conjunta (FTC), também sequestrou a menina de 14 anos, Carmen Elizabeth Oviedo Villalba, vista pela última vez no dia 30 de novembro de 2020, e prendeu Laura Villalba. Lilian e María Carmen eram filha e sobrinha de Laura, assim como, sobrinhas de Carmen Villalba, porta-voz do Exército do Povo Paraguaio (EPP) e presa política do Estado paraguaio. Carmen Elizabeth é filha Carmen Villalba e Alcides Oviedo, outro comandante do EPP e preso político.

O governo fascista e as forças repressivas do Paraguai que por um lado atacam de forma covarde, assassinando e sequestrando crianças e familiares de dirigentes presos do EPP, mantém Laura Villalba presa com acusações falsas e sem provas, por outro lado promove um teatro judicial-repressivo contra os presos políticos do EPP, para defender os interesses dos latifundiários, sojeiros e narcotraficantes que atuam no país. Apoiado pelos governos fascistas e neoliberais da região, principalmente da Colômbia e o governo miliciano Bolsonaro/Mourão, assim como pelo imperialismo norte-americano, o governo de Mario Abdo Benítez tem aproveitado a resistência armada do EPP para avançar contra em uma ofensiva terrorista contra o povo pobre e guarani do Paraguai. Por sua vez, o EPP de forma heroica tem atuado principalmente na região norte do país através da autodefesa camponesa e da proteção armada das comunidades camponesas, pobres e indígenas. A organização insurgente de inspiração guevarista enfrenta um governo fascista e os interesses e ataques dos sojeiros brasileiros e narcos que atuam na região, exercendo o legítimo direito à insurgência dos povos.

Nesse sentido, nós da FOB, nos somamos às organizações sociais e de direitos humanos da América Latina na Campanha Internacional Eram Crianças (Campaña Internacional Eran Niñas), exigindo justiça para as crianças Lilian Mariana e María Carmen Villalba, a imediata aparição com vida da menina Carmen Elizabeth Oviedo Villalba, pela libertação de Laura Villalba e em defesa da vida e refúgio humanitário para a família Villalba, contra os ataques do Estado narcoterrorista e infanticida paraguaio.

JUSTIÇA PARA LILIAN MARIANA E MARÍA CARMEN!
APARIÇÃO COM VIDA CARMEN ELIZABETH! LIBERDADE PARA LAURA!
SOLIDARIEDADE INTERNACIONALISTA À FAMIILA VILLALBA E AOS PRESOS POLÍTICOS DO EPP!
EM DEFESA DO DIREITO À INSURGÊNCIA DOS POVOS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *