EUA | Solidariedade urgente em defesa da vida e liberdade Mumia Abu-Jamal

EUA | Solidariedade urgente em defesa da vida e liberdade Mumia Abu-Jamal

O ex-pantera negra e jornalista Mumia Abu-Jamal, caso mais emblemático de prisioneiro político da supremacia branca nos EUA encontra-se em uma situação de saúde grave e sua vida está em risco por conta da Covid-19 e sua condição carcerária. Vítima de uma montagem jurídico-policial da América racista, Wesley Cook (nome de batismo de Mumia) é um preso político preto desde 1981, e teve sua pena de morte convertida em prisão perpétua após mobilizações em todo o mundo.

Mumia foi diagnosticado com Covid-19 no fim do mês de fevereiro desse ano e encontra-se em quarentena e com dificuldades respiratórias. O ex-pantera negra e integrante da família revolucionária MOVE, que ficou conhecido por seu programa de rádio “A voz dos sem voz” na Filadélfia (EUA), enfrenta uma condição precária de saúde na prisão, com problemas cardíacos, nos rins e na visão por ter seu tratamento negado, podendo desenvolver um caso grave de coronavírus em decorrência das precárias condições carcerárias.

O movimento pela libertação de Mumia solicita a solidariedade ativa e a mobilização das organizações e militantes internacionalistas e antirracistas em defesa da vida, saúde e liberdade de Mumia Abu-Jamal, que vai completar 67 anos em abril. Segundo sua advogada de longa data, Johanna Fernandez, o movimento por sua libertação exige do governador da Pensilvânia que aplique a lei de indulto aos presos com mais 65 anos para libertar Mumia da prisão estadual em que se encontra, assim como outros presos idosos, para evitar mais mortes por Covid-19 nas prisões racistas dos EUA.

LIBERDADE IMEDIATA PARA MUMIA ABU-JAMAL!
FOGO NA AMÉRICA RACISTA! MORTE AO IMPÉRIO!

Uma forma de apoiar Mumia é enviando mensagens exigindo sua liberdade para os e-mails do governo, justiça e sistema carcerário da Filadélfia: justice@phila.gov, jowetzel@pa.gov, brunelle.michael@gmail.com (governador Tom Wolf).

USA | URGENT SOLIDARITY IN LIFE DEFESS AND MUMIA ABU-JAMAL FREEDOM

Tradução em inglês pela Campanha Internacional Mobilization4Mumia

Former black panther and journalist Mumia Abu-Jamal, most emblematic white supremacist political prisoner in the U.S. is in a serious health situation and his life is at risk because of Covid-19 and his prison condition. Victim of a racist American legal-police montage, Wesley Cook (Mumia’s baptismal name) is a political prisoner black since 1981, and had his death penalty converted into life after mobilizations worldwide.

Mumia was diagnosed with Covid-19 at the end of February of that year and is in quarantine and breathing difficulties. Former black panther and member of the revolutionary family MOVE, who became known for his radio show ′′ The Voice of the Voiceless ′′ in Philadelphia (USA), faces a precarious health condition in prison, with heart, kidney and kidney problems vision for having his treatment denied, and could develop a serious case of the coronavirus due to the precarious precarious incarceration.

Mumia’s liberation movement calls for active solidarity and mobilization of internationalist and anti-Racist organizations and militants in defense of the life, health and freedom of Mumia Abu-Jamal, who will turn 67 in April. According to her longtime lawyer Johanna Fernandez, the movement for her release demands Pennsylvania governor to apply the law of pardon to prisoners with 65 more years to release Mumia from the state prison she is in, as well as other elderly prisoners, to prevent more Covid-19 deaths in racist US prisons.

IMMEDIATE FREEDOM FOR MUMIA ABU-JAMAL!

FIRE IN RACIST AMERICA! DEATH TO THE EMPIRE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *