RMC – Rede de Mídia Classista

A Rede de Mídia Classista visa aglutinar os mídia-ativistas em torno de um projeto revolucionário. O surgimento das mídias alternativas no levante popular foi um dos principais elementos da nova conjuntura. Mas é preciso dizer que nenhuma mídia é neutra, e que a mídia anti-hegemônica não pode se restringir à denúncia da repressão. Por isso o ENOPES deliberou pela construção uma Rede de Mídia Classista no âmbito do FOB. A R.M.C. não irá se pautar somente na denúncia das ações policiais e repressão, mas também na defesa da luta popular transformando estes casos em exemplos a serem seguidos em outras localidades.

Este veículo de comunicação é apenas um meio para que as formas de luta combativa possam se divulgar e se estender por todo o Brasil. O objetivo desta é divulgar análises dos acontecimentos, travando a luta ideológica contra a criminalização e discriminação e apresentando posições de um ponto de vista classista. A RMC não apenas divulgará, mas fará análises das lutas, sendo formadora/informadora. Irá promover oficinas para qualificar a produção dos materiais de divulgação (filmes, textos, jornais, cartazes, panfletos, etc.).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *